• Médico pneumologista a observar radiografia

     

    Pneumologia

    A pneumologia é a especialidade médica responsável pelo diagnóstico, orientação e tratamento das doenças do aparelho respiratório.

    A doença pulmonar obstrutiva crónica, a asma brônquica, e o sindroma de apneia do sono são as doenças mais observadas no ambulatório, mas também são frequentes as doenças infecciosas, como as pneumonias ou a tuberculose pulmonar, as patologias profissionais respiratórias, as doenças da pleura ou os tumores pulmonares.

    São também habitualmente referenciados para esta consulta os fumadores, para consultas de desabituação tabágica ou de apoio ao fumador, bem como as doenças alérgicas respiratórias, ou quando se suspeita poderem ser causadas por pneumoalergénios.

    Os exames mais frequentemente realizados pela especialidade são os testes cutâneos, nas suspeitas de situações alérgicas, os estudos da função respiratória, os estudos do sono (poligrafias respiratórias do sono e polissonografias), e as broncoscopias. As doenças respiratórias são das mais prevalentes na população, afetando pessoas de todas as idades, adultos e crianças, pelo que a pneumologia é uma especialidade muito dinâmica e multifacetada.

    Como as doenças respiratórias têm um enorme impacto na qualidade de vida das pessoas, elas merecem sempre serem tratadas de forma especializada e diferenciada.

     

     

    A Terapêutica Inalatória

    A medicação inalatória – a que os doentes frequentemente chamam bombinhas – é a terapêutica de eleição na maior parte das doenças obstrutivas, como é o caso da asma brônquica ou da doença pulmonar obstrutiva crónica (vulgarmente chamada de bronquite). A boa adesão à medicação (não parar o tratamento) e a boa técnica inalatória são os principais fatores de êxito terapêutico.

    Insista com o seu pneumologista, em todas as consultas, no ensino e avaliação da forma como faz os inaladores, ou se é possível substituí-los por outros que lhe pareçam mais práticos ou que sejam mais da sua preferência.

     

    Alerta Tuberculose

    A tuberculose pulmonar tem sido uma doença um pouco esquecida, mas continua a ter uma incidência de cerca de 25 novos casos/ 100 000 habitantes, com um pico entre os 35 e 44 anos de idade. É uma doença tratável e curável, e cerca de 60% dos doentes não tem quaisquer fatores de risco associados – como alcoolismo, toxicodependência, HIV+, entre outros.

    As resistências aos medicamentos antituberculosos são os principais problemas que se colocam atualmente aos pneumologistas, no tratamento desta doença.

     

    O Sindroma de Apneia do Sono

    A hipersonolência diurna é um dos principais sintomas do sindroma de apneia do sono.

    Se ressona muito use a escala abaixo – que se chama escala de sonolência de Epworth – para avaliar o seu grau de sonolência diurna.

    Se o seu score, ou soma de pontuação, for superior a 10 é possível que sofra do sindroma de apneia do sono. Marque um estudo do sono ou uma consulta de pneumologia/ apneia do sono.

     

    Escolha o número mais apropriado para cada situação:

    0 = nenhuma probabilidade de dormitar

    1 = ligeira probabilidade de dormitar

    2 = moderada probabilidade de dormitar

    3 = forte probabilidade de dormitar

     

    Para as seguintes situações, qual a probabilidade de dormitar de 0 a 3?

    (0 – 3) Sentado a ler

    (0 – 3) Sentado a ver televisão

    (0 – 3) Sentado inactivo num lugar público

    (0 – 3) Como passageiro num carro durante uma hora

    (0 – 3) Deitado a descansar à tarde, se as circunstâncias o permitem

    (0 – 3) Sentado a conversar com alguém

    (0 – 3) Sentado calmamente depois de um almoço sem ter bebido álcool

    (0 – 3) Ao volante, parado no trânsito, durante uns minutos

     

    O seu score é superior a 10? Então talvez esteja na altura de marcar uma consulta de pneumologia no Expresso Saúde, em Braga.

    Comentar esta notícia →

Deixe o seu comentário

Cancelar resposta